Conheça os principais indicadores de RH da empresa

23 mar 2021

Se você precisa aumentar a produtividade e alcançar uma gestão mais eficaz, vale a pena conhecer e acompanhar alguns indicadores de RH da empresa. Eles são de grande importância, pois funcionam como bússolas, conduzindo os administradores para as decisões mais corretas quando o assunto é gestão de pessoas.

Os indicadores de desempenho podem ser definidos, portanto, como ferramentas capazes de mensurar os elementos subjetivos e objetivos da performance dos colaboradores da empresa. Assim, é possível obter insights preciosos para ajudar os gestores a optarem pelas melhores decisões sobre a equipe de trabalho e, dessa forma, tomarem providências que aproveitem todo o potencial do capital humano da companhia.

Neste post, selecionamos alguns dos principais indicadores de gestão de RH que podem ajudar sua empresa a gerenciar seu ativo da melhor forma. Acompanhe!

Índice de retenção de talento

Toda organização mantém, no seu quadro de colaboradores, alguns profissionais que fazem toda a diferença nos resultados alcançados. Por isso, não é conveniente perdê-los por nada. Isso tem a ver com a retenção de talentos, que é um dos mais importantes indicadores de RH da empresa, e sua finalidade é demonstrar a eficácia das ações de manutenção do time considerado “diferenciado”.

Sabemos que, até certo ponto, é natural que ocorra rotatividade, já que alguns colaboradores aposentam ou mudam de cidade. Contudo, se isso acontece com muita frequência, indica que algo está errado, além de custar caro para a companhia.

Portanto, trata-se de um indicador que possibilita o diagnóstico das razões que levam os melhores talentos a ficarem insatisfeitos com o trabalho desenvolvido na empresa. Além disso, fica mais fácil entender o motivo da evasão de profissionais, permitindo a avaliação da qualidade do clima no ambiente de trabalho, do contentamento dos funcionários e da eficiência das políticas responsáveis pela retenção de talentos.

Investimento em treinamentos

Você costuma acompanhar de perto o quanto está sendo investido em treinamento para desenvolver melhor as competências do seu time? Esse indicador pode ajudar a solucionar esse problema: basta dividir o total gasto em treinamento pela quantidade de colaboradores da organização.

Se você estiver investindo pouco, é muito provável que a empresa experimente dificuldades para aprimorar os melhores talentos internamente. Assim, eles podem acabar saindo em busca de outras oportunidades de desenvolvimento e treinamento. Portanto, fique sempre de olho nesse indicador e nas melhorias que estão sendo implementadas.

Mobilidade

O índice de mobilidade corporativa é um indicador extremamente importante para aprimorar a eficiência das empresas e promover economia dos recursos naturais e financeiros. Com isso, torna-se possível melhorar os espaços urbanos e ampliar o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas que precisam deslocar-se para trabalhar.

O índice da Bynd solicitou às empresas que observem as políticas de transporte que estão oferecendo aos colaboradores. A mobilidade dos funcionários pode ter uma grande influência na eficiência dos deslocamentos urbanos, com significativo impacto social e ambiental. É bom lembrar-se de que mais de 50% do trânsito das cidades existe em virtude da necessidade de sair para trabalhar, sem falar na quantidade expressiva de veículos ocupados por uma única pessoa.

Podemos citar cinco razões para as empresas participarem desse índice:

  • protagonismo – ser participante do primeiro estudo de mobilidade corporativa do país;
  • sustentabilidade – adoção constante de formas mais sustentáveis e eficientes de mobilidade;
  • bem-estar – promoção de maior qualidade de vida para os funcionários da empresa;
  • inovação – contribuir com investimentos em pesquisas que impactam positivamente o futuro da sociedade;
  • posicionamento – compor a lista de empresas que estão comprometidas com a qualidade de vida dos colaboradores, bem como a mobilidade nos centros urbanos.

ROI dos treinamentos

De todos os indicadores, o ROI (Return On Investment) dos treinamentos requer uma comunicação que consiga utilizar a linguagem dos negócios e, por isso, não pode ser excluído dessa lista. Trata-se de uma ferramenta que analisa os investimentos de capacitação e, assim, revela se estão compensando ou não.

É importante esclarecer que não há um padrão para considerar o ROI como satisfatório. No entanto, ele fornece ao setor de RH uma característica muito útil: comprovar suas ações por meio de dados concretos e reais.

Satisfação e lealdade

É inquestionável que colaboradores satisfeitos produzem muito mais e com qualidade superior e, dessa maneira, têm condições de contribuir infinitamente melhor para promover o crescimento e garantir o sucesso das empresas. Isso sempre foi verdadeiro, mas, nos dias de hoje, essa realidade vem ganhando cada vez mais espaço e é motivo de atenção por parte de muitos gestores.

Mesmo assim, uma parcela de líderes de equipes desmotivadas reluta em descobrir o nível de satisfação e lealdade dos liderados e, assim, continuam cometendo um erro muito grave.

Contudo, esse indicador pode ser determinante para impulsionar os negócios, avaliando a satisfação da equipe, embora se trate de uma ferramenta que mede um fator bastante subjetivo. No entanto, vale a pena experimentar o mais comum, o Employee Net Promoter Score (ENPS), e começar com uma pergunta decisiva, como: “entre 0 e 10 pontos, qual é a possibilidade de você recomendar nossa empresa como um bom lugar para trabalhar?”.

Considere as notas entre 9 e 10 como representativas de talentos que estão felizes e atuantes como promotores do seu negócio. Já os valores abaixo de 6 indicam colaboradores infelizes no trabalho, que podem, inclusive, atuar como detratores. Os números intermediários são os profissionais neutros.

Há inúmeras razões para manter sempre o maior número de funcionários promotores. Por isso, o incentivo diário também deve ser trabalhado.

Absenteísmo

Esse indicador pode estar de mãos dadas com o anterior em alguns momentos. Ele permite que a gestão entenda os motivos que levam os funcionários a se ausentarem, seja por questões pessoais ou por doença.

A falta de um único colaborador pode prejudicar a equipe inteira. Por isso, é necessário medir todo tipo de justificativa. Isso tende a auxiliar na descoberta de pontos importantes, que mostrarão as ações mais adequadas a serem tomadas.

Custos de rotatividade

Para usar esse indicador, é necessário incluir todas as despesas com o pagamento das rescisões contratuais, adicionando os tributos e as multas. Além disso, é preciso considerar as despesas com a reposição do funcionário dispensado, mais investimentos feitos com qualificações e treinamentos.

Isso demonstra a importância de estabelecer no planejamento estratégico a taxa de rotatividade e, também, ficar de olho nas ações de satisfação.

Liderança

Qualquer companhia que pretende ter sucesso no mercado precisa de bons líderes. Assim, o indicador de liderança é muito importante para ajudar a fazer uma satisfatória análise organizacional e chegar aos líderes de formas diferentes. Ele pode dar apoio à identificação ou constituição de lideranças novas ou ajudar no desenvolvimento daqueles que já estão atuando na empresa.

Produtividade no ambiente de trabalho

Neste último indicador de RH, você poderá saber melhor sobre a produtividade durante o expediente de trabalho. Organizações realmente eficientes conseguem produzir mais que suas concorrentes, usando os mesmo recursos, diminuindo as demandas por retrabalho e as falhas.

Uma pesquisa divulgada pela Revista Exame atesta que somente 39% do tempo é investido em produtividade dentro dos ambientes de trabalho. Isso demonstra que, em grande parte das empresas, não está sendo feito muita coisa em relação ao potencial produtivo da força de trabalho dos times.

Conforme podemos perceber, esses indicadores de RH da empresa podem tranquilamente fornecer um panorama do quanto sua organização está apostando em produtividade e aproveitamento dos seus talentos. Por isso, é tão importante empregar essas ferramentas, a fim de manter os negócios sempre progredindo.

Se você já pretende implementar indicadores para ajudar na performance da sua companhia, comece entendendo como uma gerente de RH conseguiu melhorar o transporte dos colaboradores!

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Baixe o Guia de Mobilidade Corporativa

Preparamos um material para auxiliar sua empresa a construir uma política de mobilidade corporativa eficiente e conhecer os benefícios dela. Conte conosco!

Não vá ainda!
Agende uma demonstração com nossos consultores