Home Office: 5 segredos da neurociência para elevar a produtividade

14 abr 2021

Aumentar a produtividade no home office tem se tornado um grande desafio para muitos profissionais, sobretudo aqueles que não tinham o costume de trabalhar remotamente.

Além de a rotina mudar por completo, em casa parece ser mais difícil de se concentrar e de separar a vida pessoal da profissional, não é mesmo?

Mas fique sabendo que a neurociência tem excelentes dicas para você superar esses desafios de uma vez por todas!

Neste artigo, vamos falar sobre como as contribuições da área podem ajudar você a superar os seus desafios, mesmo longe do escritório.

Como a neurociência pode ajudar você a ser mais produtivo?

Por ser dedicada ao estudo do funcionamento do cérebro, a neurociência é uma área cujas descobertas foram capazes de identificar comportamentos que colaboram com o aumento da produtividade.

Graças a essas contribuições, hoje a gente consegue apontar hábitos que podem melhorar seu rendimento no home office.

Portanto, saiba que você pode confiar nas dicas que vamos compartilhar a seguir, já que todas elas estão baseadas em conhecimentos produzidos pelos neurocientistas.

5 dicas para aumentar a produtividade no home office

1. Crie uma rotina

A flexibilidade de horários não deve ser motivo para você deixar de ter um horário de trabalho. Isso porque a rotina ajuda a desocupar o cérebro, sabia?

Em vez de gastar energia pensando em tudo o que precisa fazer, as atividades ficam mais automáticas, pois se tornam hábitos, parte da rotina diária.

Com isso, você não perde tempo e evita que as tarefas domésticas e seus demais compromissos atrapalhem o andamento do seu trabalho.

2. Tenha um espaço de trabalho em casa

Para que uma ação se torne um hábito, ela precisa ser repetida várias vezes. Portanto, assim como a rotina, ter um espaço reservado apenas para o trabalho é necessário.

É importante que o ambiente seja tranquilo, organizado e livre de distrações. Afinal, tanto a desordem visual quanto os barulhos interferem na sua concentração e, consequentemente, na sua produtividade.

3. Faça uma coisa de cada vez

Não caia na ilusão de fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo para aumentar a produtividade, pois não funciona. Sendo assim, concentre-se em uma única atividade por vez para otimizar seu tempo.

Além de gastar mais energia, essa alternância de foco provoca uma sobrecarga cognitiva e diminui os níveis de dopamina, um neurotransmissor essencial à atenção.

A Matriz de Eisenhower é uma excelente metodologia que você pode aplicar, nesse caso. Ou seja, ela é uma maneira simples de priorizar suas atividades. Assim, as mais importantes não são abandonadas, quando surgirem ocasionalmente outras não tão urgentes. 

4. Faça pausas ao longo do dia

Já parou para pensar no que leva você a procrastinar? Perceba que isso geralmente acontece quando o seu cérebro se vê diante de tarefas complexas, que levam mais tempo para acabar.

Por isso, a melhor estratégia é dividir o trabalho em blocos com intervalos curtos entre eles. Ou seja, você se concentra numa atividade ininterruptamente e depois tira um tempo para descansar.

O Método Pomodoro é uma excelente ferramenta que pode ser aplicada. Em suma, ela sugere que você divida o tempo de trabalho em intervalos de 25 minutos. 

Ou seja, durante esses bloquinhos de tempo, uma determinada atividade deve ser realizada ininterruptamente. Assim, ao final do período, é realizada uma pausa de 5 minutos e, ao final de cada 4 blocos de 25 minutos, uma pausa de 30 minutos.

5. Cuide da sua vida pessoal 

Deixar os momentos de descanso, lazer e diversão de lado não ajudam em nada, pois a vida fora do trabalho também influencia seu nível de produtividade.

Isso porque fazer atividades que você gosta colabora com o seu bem-estar, melhorando o seu rendimento no home office. Ainda, praticar atividades físicas e ter algum hobby são coisas que ajudam a oxigenar o cérebro, trazendo mais disposição.

Conclusão

O conhecimento científico é produzido para ser usado pelas pessoas. Portanto, aproveite as dicas que compartilhamos aqui para aumentar a produtividade no trabalho remoto.

Como você pôde notar, não existem grandes segredos para colocá-las em prática. O mais importante é adotar esses comportamentos diariamente até que eles se tornem automáticos.

Já que a tendência de aplicar a neurociência para aumentar a produtividade chegou para ficar, leia mais sobre as vantagens do home office. E não deixe de acompanhar as novidades do nosso blog!

Compartilhar nas redes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Procurar

Guia de mobilidade corporativa.

Saiba como aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte na sua empresa.

Assine nossa newsletter

Últimos posts

Mês de publicação

Baixe o Guia de Mobilidade Corporativa

Preparamos um material para auxiliar sua empresa a construir uma política de mobilidade corporativa eficiente e conhecer os benefícios dela. Conte conosco!

Não vá ainda!
Agende uma demonstração com nossos consultores